A gravidez de gêmeos é muito comum em mulheres que engravidam por meio de técnicas de reprodução assistida. Contudo, ainda existe muita falta de informação sobre o assunto, o que acaba gerando alguns mitos sobre esse tipo de gestação.

Para muitas mulheres, descobrir que está gravida de dois bebês pode ser assustador. Mas a verdade é que ela não é um bicho de sete cabeças.

Nesse post, vamos revelar algumas verdades e mitos sobre a gravidez de gêmeos que certamente irão esclarecer muitas dúvidas e desmistificar ideias sobre o assunto. Confira!

Quem possui gêmeos na família tem mais chances de engravidar de gêmeos – VERDADE

Sim, principalmente se o nível de parentesco for direto da mãe. Por exemplo, se ela tiver irmãs gêmeas, ou até mesmo ter tido filhos gêmeos, as chances de uma gravidez dupla são maiores.

Na gravidez de gêmeos não é possível ter parto normal – MITO

Se a gravidez de gêmeos não tiver qualquer tipo de complicação, a mulher pode ter parto normal sem qualquer problema. A única questão é que os cuidados são maiores quanto a esse tipo de gestação.

Por exemplo, é fundamental que as duas crianças estejam com as cabeças para baixo na hora do parto. Por conta disso que o acompanhamento pré-natal é tão importante.

A idade da mulher pode contribuir com a gestação de gêmeos – VERDADE

Sim, a idade da mãe pode contribuir diretamente com gravidez de gêmeos. O que acontece é que, normalmente, mulheres com mais de 40 anos precisam recorrer a técnicas de reprodução assistida para engravidar.

E nesses casos, são fertilizados dois ou mais embriões. Logo, as chances de desenvolvimento de uma gestação gemelar são maiores.

Todos os partos de gêmeos são prematuros – MITO

Muita gente acha que a gravidez de gêmeos obrigatoriamente indica que os bebês vão nascer antes das 38 semanas. Contudo, isso é um grande mito.

É claro que há um índice relativamente alto de partos antes da 37ª semana, por conta de uma série de fatores como hipertensão, diabetes e da própria falta de espaço no útero. Mas a verdade é que com alguns cuidados, e não havendo complicações, os bebês podem nascer dentro do tempo convencional.

Entre esses cuidados está manter uma alimentação balanceada, e não ganhar muito peso, para que as crianças tenham total espaço para se desenvolver.

A gestação de gêmeos exige um pré-natal com mais exames e consultas – VERDADE

Sim, a mamãe que está grávida de gêmeos precisa ter uma frequência maior de consultas no pré-natal, e também acaba realizando mais exames. Isso ocorre porque, biologicamente falando, as fêmeas humanas não foram feitas para ter uma gestação de mais de um feto.

Várias complicações podem surgir se você não fizer um acompanhamento cuidadoso. No caso de gêmeos univitelinos (quando as crianças são iguais) as chances de transfusão feto-fetal (quando um bebê “rouba” alimento do outro” são maiores. Por isso a necessidade de um pré-natal mais cauteloso.

O ideal é que, sendo uma gravidez de gêmeos ou não, a mulher sempre mantenha o pré-natal em dia. Dessa forma, além de diminuir o risco de complicações, é possível ter mais tranquilidade nesse período tão delicado.

É comum o desejo do casal em terem gêmeos, reduzir risco de prematuridade é um grande benefício para esta família.

Para casos de Fertilização in Vitro é possível que as gestações de gêmeos podem ser evitadas através da transferência de apenas um embrião nos casos de Fertilização in Vitro.

gravidez aos 40amamentação tardia