A reprodução assistida auxilia os casais nos quais um ou ambos os parceiros são portadores de infecções como HIV e/ou Hepatites B e C a gerar bebês saudáveis.

O tratamento para casais sorodiscordantes consiste em uma lavagem seminal realizada através da centrifugação e ultra-filtragem que isolam do líquido seminal os espermatozoides livres de contaminação do ambiente onde o vírus se concentra – o líquido seminal – e possibilitando assim a utilização de espermatozoides sadios para procedimentos como a inseminação intra-uterina e a Fertilização In Vitro/ICSI. Assim tratamento para casais sorodiscordantesconsiste na lavagem seminal, o paciente portador de HIV e/ou Hepatites B e C tem a possibilidade de gerar um filho sem que mãe e bebê corram riscos de serem contaminados.

Cuidados necessários antes do início do tratamento

1. Acompanhamento e consentimento do infectologista responsável pelo paciente

2. Dosagem dos linfócitos T CD4+/mm3;

3. Avaliação de carga viral no sangue;

4. Avaliação da carga viral no sêmen(número de cópias/ml). Fundamental nos casos em que o marido for o infectado, mesmo que a carga viral plasmática (no sangue) for baixa ou inexistente, isto não elimina a possibilidade de encontrar o vírus no sêmen. Por isto esta avaliação é muito importante antes do início do tratamento.

Caso a caso

1. Homem infectado e mulher não: é a mais simples e não existe contra-indicação para a gestação, pois se trata de mulher sadia. O importante é estabelecer os critérios laboratoriais para o preparo e a forma de utilização do sêmen do homem infectado.

2. Homem e mulher infectados: a realização ou não do procedimento dependerá do estado clínico de saúde da mulher e, no que concerne ao HIV, se houver sorodiscordância para outras infecções coexistentes como hepatite B, hepatite C e HTLV em um dos parceiros.

3. Homem não infectado e mulher infectada: a situação clínica da mulher é o fator limitante. Nestes pacientes o parto vaginal e a amamentação devem ser evitados para não ocorrer a transmissão vertical. Os casais e bebes submetidos a estes tratamentos deverão ser acompanhados por infectologistas por pelo menos 10 anos.

Consulte um médico

Para mais informações e para avaliar se esse é o tratamento mais indicado para você, agende uma consulta médica clicando no botão abaixo.

Conheça outras

Especialidades

Conheça um pouco mais sobre todas as especialidades que você encontra na Clínica Mãe. Aproveite e tire suas dúvidas, mas lembre-se que é importante a avaliação de um profissional para o diagnóstico correto de cada caso.

Start typing and press Enter to search

homoafetivosutero